Programa SALTPALMEIRAS


Programa de Monitoramento e Salvamento do Patrimônio Histórico-Cultural, Paisagístico e Arqueológico na Área de Abrangência do Complexo Hidrelétrico Palmeiras - municípios de Dianópolis, Novo Jardim e Ponte Alta do Bom Jesus no Estado do Tocantins.


Pesquisa autorizada pela Portaria nº. 5, de 21 de janeiro de 2005, diz respeito ao resgate do patrimônio arqueológico da região atingido pelo Complexo Hidrelétrico Palmeiras e ao salvamento dos vestígios materiais relacionados no Estudo de Impacto Ambiental – EIA, na fase de levantamento e monitoramento pelo projeto arqueológico e que precisavam ser resgatados antes da implantação do empreendimento.

Na área de abrangência da Pequena Central Hidrelétrica Boa Sorte (de 2, 52km²), o Estudo de Impacto Ambiental destacou quatro sítios arqueológicos cadastrados pelo projeto Serra Geral – que são relacionados aos grupos agricultores-ceramistas pertencentes à fase São Domingos da tradição tecnológica ceramista Tupiguarani. O referido projeto possibilitou ainda a identificação de abrigos rochosos com manifestações rupestres e os primeiros vestígios arqueológicos pré-históricos do oeste da Bahia e leste do Tocantins, com datações aproximadas de 8.000 anos A. P., para os horizontes mais antigos.

Na área de abrangência da Pequena Central Hidrelétrica Porto Franco (de 1, 56km²) o referido levantamento sob a responsabilidade da Empresa Centro Tecnológico de Engenharia Ltda – CTE, ressaltou os mesmos sítios citados na área acima.

O estudo preliminar que visou o diagnóstico e à potencialidade arqueológica pré-histórica e histórico-cultural do Complexo Hidrelétrico Palmeiras se fixou numa faixa estabelecida de até 2,5km a partir dos limites dos reservatórios, sendo que por ocasião do EIA foram visitadas todas as propriedades existentes neste raio.

Pelo diagnóstico, as pesquisas arqueológicas pré-históricas mais próximas à área do empreendimento Complexo Hidrelétrico Palmeiras referem-se aos sítios levantados por ocasião da elaboração do EIA/RIMA da PCH (Pequena Central Hidrelética) Água-Limpa e PCH Areia, que se acham localizadas à montante dessa área estudada. Trata-se de uma pesquisa de arqueologia (no ano de 2000) por contrato, também realizada por pesquisadores do Núcleo Tocantinense de Arqueologia, sob a coordenação do Arqueólogo Marcos Zimmermann, para a Empresa GEOMAN Engenharia Ltda, quando foram identificados 10 (dez) sítios arqueológicos, entre sítios cerâmicos, líticos e com manifestações rupestres, em terrenos que abrangem os municípios acima citados.


Resultados:

Foi realizado o resgate/salvamento dos vestígios arqueológicos encontrados na área dos 04 sítios identificados na fase de levantamento do EIA e dos 02 sítos arqueológicos identificados durante as atividades de resgate.


  • Galeria de Fotos

  • Voltar


    2008 - Unitins - Todos os direitos reservados
    108 Sul Alameda 11 Lote 03 Cx. Postal 173 - CEP.: 77020-122 - Palmas-Tocantins