Unitins comemora 34 anos com reflexão sobre desafios, conquistas e perspectivas futuras

Durante cerimônia, reitoria prestou homenagem aos colaboradores em reconhecimento à contribuição na construção da trajetória da Universidade

Ruy Bucar ANIVERSÁRIO 27/02/2024 15:11

Auditório da sede Administrativa da Unitins, em Palmas, ficou completamente lotado. Evento foi transmitido ao vivo para todas as unidades (Fotos: Nonato Silva/Dicom Unitins)


A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) realizou nesta terça-feira, 27, no auditório da sede administrativa, em Palmas, uma cerimônia solene em comemoração aos seus 34 anos de existência, cuja trajetória se confunde um pouco com a própria história do Estado. Nestes 34 anos, a primeira universidade do Tocantins teve que superar desafios, emprestar seu patrimônio para criar outra universidade e se reinventar, mas se mantém como uma instituição de ensino superior estratégica para o desenvolvimento do Estado.

A solenidade foi aberta com apresentação do coral Unicanto, nova realização da Unitins, que com esta apresentação, marcou a sua estreia nos palcos. O coral apresentou três peças: Hino Nacional Brasileiro, Coração Sertanejo, de Chitãozinho e Xororó e Feliz Aniversário de Villa Lobos, em homenagem à aniversariante. O Unicanto é composto por 18 integrantes oriundos da comunidade acadêmica da Unitins e órgãos externos. A cerimônia foi transmitida ao vivo pelo canal oficial da Unitins no YouTube para todos os câmpus, polos do Projeto TO Graduado e demais unidades.

 

Na saudação de abertura o reitor Augusto Rezende destacou que todos os colaboradores são muito importantes para a Unitins. Na oportunidade, fez questão de agradecer de forma especial o apoio do governo do Estado. “Quero fazer um agradecimento especial ao governador Wanderlei Barbosa, o grande parceiro da Universidade Estadual do Tocantins, o grande incentivador do ensino superior e que sei que o seu desejo é tenhamos mais um ano de sucesso e de progresso à frente da nossa Unitins”.

 

O pró-reitor de Administração e Finanças, Ricardo de Oliveira Carvalho declarou que é um orgulho fazer parte da equipe Unitins. “Feliz aniversário. Que seja um ano muito produtivo. Com a nossa Unitins cada vez mais forte”, saudou. “É gratificante fazer parte de uma instituição que chega aos 34 anos fazendo história. É uma alegria poder comemorar esse aniversário. Como vocês sabem, completo neste ano, 24 anos que estou aqui”, disse a professora Kyldes Batista Vicente, pró-reitora de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários, bastante emocionada por fazer parte da história da primeira universidade do Tocantins.

 

A professora Ana Flávia Gouveia de Faria destacou que na Unitins está construindo a sua trajetória profissional e a sua vida. “É muito bom a gente ter a oportunidade de amadurecer a vida pessoal junto com a profissional. Enquanto estou na Unitins eu me casei e estou formando a minha família e principalmente construindo a minha carreira profissional”, completou.

 

A professora Alessandra Ruíta Czapski, lembrou um pensamento do educador Paulo Freire que diz que não há educação sem amor. “Parabéns para todos vocês que levam a Unitins no peito, que trabalham com muito orgulho e comemoram esta data com todo o merecimento”, disse, lembrando que educação com amor resulta em transformação.     

 

“Hoje celebramos o aniversário da nossa casa, onde a gente passa a maior parte do nosso tempo, onde a gente deposita todo o nosso trabalho, a nossa experiência, a nossa dedicação, onde a gente vivencia a transformação”, saudou a vice-reitora professora Darlene Castro, enfatizando que sua fala carregada de emoção espelha o sentimento de todos os colaboradores. “Eu e o reitor temos o sentimento de representar cada um de vocês. É muito bom saber que a Unitins é grande, que vivencia o seu propósito, que cumpre a sua vocação de levar ensino superior de qualidade para todo o nosso Estado. E que possamos ao longo do ano comemorar 34 anos de luta, conquistas e superação de desafios”.   

 

Palestra

A palestra com o tema “Unitins 34 anos – desafios, conquistas e perspectivas futuras”, foi o ponto alto da programação. O bate-papo foi conduzido pelo reitor Augusto Rezende, que é mestre em Desenvolvimento regional, especialista em Informática e educação em sistema da informação e graduado em Ciência da computação; e o diretor do Câmpus Palmas, professor Ulisses Franklin Cunha, doutorando em Ciências do Ambiente, mestre em Ciências do Ambiente, Especialista em Saúde mental e desenvolvimento humano, graduado em geografia e psicologia.

 

O reitor destacou dois números que segundo ele, mostram bem a importância da Unitins no contexto regional. Formou mais 92 mil profissionais ao longo de 34 anos e soma mais de 900 profissionais como colaboradores. Para o reitor são dados grandiosos que refletem o crescimento da Unitins nos últimos cinco anos, alcançando índice de 270 por cento.  

 

Os números dizem muito. A Unitins é a universidade com maior presença geográfica do Estado. Possui cinco câmpus – Araguatins, Augustinópolis, Dianópolis, Paraíso do Tocantins e Palmas – soma mais de quatro mil alunos matriculados em 21 cursos de graduação na modalidade presencial e a distância e está presente em 19 municípios do Estado. Ao todo, soma mais de 92 mil profissionais formados em todo país, nas diversas áreas do conhecimento.

 

O professor Ulisses lembrou a cena mais comum que se vivência nas colações de grau da Unitins. Diz o professor que é sempre muito forte o relato de algum formando revelando que é o primeiro da família a adquirir um diploma de nível superior. “Eu olho para a plateia e vejo a mãe e a avó, se desmanchando em lágrimas ao mesmo tempo que o formando declara que sua mãe e sua avó são analfabetos”, conta, ressaltando que o curso superior representa aquela família a possibilidade de construção um novo destino, um novo rumo.

 

Os palestrantes apontaram ainda que os desafios futuros da Unitins são enormes, mas que o histórico de sucesso da instituição ajuda a continuar cumprindo a missão de ofertar de ensino superior público, gratuito e de qualidade. “O Tocantins que se destaca nacionalmente como o estado que mais cresce, com um índice que chega até a 18% ao ano, não teria esse mesmo desempenho se não pudesse contar com a Unitins”, disse o reitor, ao destacar a importância da Unitins para o desenvolvimento do Tocantins.

Homenagem

Nesses 34 anos de existência da Unitins, muita gente fez e segue fazendo parte da história da Instituição ajudando a levar ensino, pesquisa e extensão para todos, em especial para os tocantinenses. Em reconhecimento a contribuição dos colaboradores na construção da trajetória da Universidade, a reitoria fez entrega placa numa homenagem simbólica pelo tempo de serviço prestado. Ao todo mais de 155 servidores foram homenageados.

 

“Acho essa homenagem muito importante. Faz parte da valorização do servidor. Do reconhecimento. Eu aponto dois motivos que me deixa muito feliz em trabalhar na Unitins. Primeiro, fazer o que eu gosto e segundo, trabalhar em um ambiente em que o nosso esforço é reconhecido. Digo que trabalhar com ciência é trabalhar com o futuro, aqui dentro estamos formando os médicos de 2030, os agrônomos de 2029, somos gratos de sermos reconhecidos pelo que fazemos”, declarou o pesquisador Expedito Cardoso que foi homenageado pelos seus 25 anos de dedicação à Unitins.

 

Para a colaboradora Vanessa Leal, da Ouvidoria, a homenagem é um gesto de reconhecimento que serve de motivação para todos. “Eu fico muito feliz por ter sido homenageada pelos 10 anos que tenho contribuído com a instituição Unitins. Tenho muito a agradecer a toda a gestão que confiou no meu trabalho. Amo esta Universidade, onde pretende ficar muitos e muitos anos. Desejo a Unitins feliz aniversário por estes 34 anos, mais feliz por fazer parte desta história”.  

Ouvidoria UNITINS
162
Ouvidoria
Geral do Estado do Tocantins
Acesso à Informação
Portal da Transparência
Demonstrativos da UNITINS