Acadêmicas de Medicina realizam palestra sobre abuso de álcool e gravidez na adolescência em escola de Praia Norte

Escola desenvolve programação voltada para os impactos socioemocionais dos problemas nas vidas dos adolescentes

Ananda Portilho Extensão 09/02/2024 12:34

As acadêmicas Andressa Rodrigues Bezerra, Andreza Soares de Souza e Dâmarys Vitória Ribeiro Oliveira do curso de Medicina da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) – Câmpus Augustinópolis ministraram uma palestra sobre álcool e outras drogas e gravidez na adolescência na Escola Estadual Genésio Gomes, em Praia Norte/TO, nesta quinta-feira, 8.

O grupo atendeu a um convite da própria escola que, nesta semana, realiza ações sobre os impactos socioemocionais desses e outros problemas nas vidas dos estudantes. “As discentes trouxeram consigo um vasto conhecimento técnico e uma abordagem atualizada, que foram essenciais para engajar os jovens e incentivá-los a fazer escolhas saudáveis para as suas vidas, além de conectá-los com o universo acadêmico”, comentou a psicóloga educacional Jhully Diniz da Silva, da instituição de ensino básico.

Acadêmicas Andreza, Dâmarys e Andressa e a professora Nara juntamente com os alunos da escola (Fotos: Ananda Portilho/Dicom Unitins)


E completou: “A ação não apenas iluminou os perigos e as consequências do uso dessas substâncias, mas também reforçou a importância das colaborações entre as instituições de ensino públicas”, finalizou Jhully.

Para a acadêmica Dâmarys, “foi muito importante e gratificante compartilhar conhecimento científico sobre questões tão relevantes com os adolescentes, instruindo-os a tomar decisões conscientes e saudáveis durante a vida. Ver o interesse e a receptividade dos alunos durante a palestra reforçou a importância de abordar esses temas de forma acessível. A experiência também reforça o compromisso da Universidade em promover ações de promoção em saúde e prevenção de riscos”, explicou.

A palestra foi acompanhada pela professora e supervisora de estágio, Nara Cristina Pereira da Silva. “A abordagem educativa por parte dos estudantes e profissionais de saúde cria um campo de prevenção contra o uso indevido de drogas, além de ofertar uma abordagem de educação afetiva cuja ênfase está focada na personalidade do aluno”, destacou a docente.

Ouvidoria UNITINS
162
Ouvidoria
Geral do Estado do Tocantins
Acesso à Informação
Portal da Transparência
Demonstrativos da UNITINS