54 membros de forças policiais recebem certificação de pós-graduação pela Unitins

Cerimônia aconteceu nesta terça-feira, 7, em curso inédito ofertado no Tocantins

Ruy Bucar Altos Estudos 07/11/2023 13:09

Reitor Augusto Rezende durante entrega de certificado de pós-graduação em Gestão Estratégica e Altos Estudos em Ciências Policiais (Fotos: Nonato Silva/Dicom Unitins)


A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), em parceria com a Polícia Militar do Estado do Tocantins (PMTO), realizou nesta terça-feira, 7, a cerimônia de formatura de 54 alunos do curso de pós-graduação em Gestão Estratégica e Altos Estudos em Ciências Policiais. A solenidade aconteceu no auditório da Sede Administrativa da Universidade, em Palmas, e contou com a presença de autoridades, familiares dos formandos e convidados.

Oferecido pela primeira vez no Tocantins, o curso de Altos Estudos é destinado a servidores que desempenham cargos de chefia e liderança de alto comando ocupando posições estratégias. O curso contemplou policiais civis e militares, delegados de polícia, secretário de Estado e agentes de Segurança Pública dos estados do Tocantins e do Maranhão. Durante o curso, os alunos tiveram a oportunidade de realizar uma viagem de estudos à Roma (Itália), para conhecer atuação das Forças de Segurança daquele país, considerada uma das mais preparadas do mundo.

Após a execução do Hino Nacional Brasileiro, pela Banda da Polícia Militar, os formandos foram convidados a subir ao palco para receber das mãos das autoridades, que compuseram a mesa de honra, o certificado de conclusão do curso de pós-graduação em Gestão Estratégica e Altos Estudos em Ciências Policiais, conferido pela Unitins. Compuseram a mesa de honra: o magnifico reitor Augusto Rezende; o comandante-geral da PM do Tocantins, Cel. Márcio Barbosa; a pró-reitora de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis (Proex), e coordenadora do curso, Kyldes Batista Vicente; e a diretora de Pós-Graduação da Unitins, professora doutora Leda Verônica Dantas Silva.

 

Orador da turma contextualizou curso e história da diplomacia brasileira


O tenente-coronel Wellder Messias Cavalcante, orador da turma, abriu os pronunciamentos contextualizando historicamente a tradição de altos estudos no Brasil. O curso, de acordo com seus apontamentos, surge na diplomacia Brasileira (Dec. de 1960) como requisito para promoção do cargo de ministro. As Forças Armadas herdaram a tradição de formar com excelência e cientificidade líderes para o pleno exercício de grandes comandos.

“O primeiro curso de Altos Estudos em Ciências Policiais do Estado Tocantins decorre de um projeto ousado do comandante-geral da PMTO e da Reitoria da Unitins. Tivemos o apoio do excelentíssimo senhor governador e da Casa de Leis. O trabalho em conjunto permitiu que o curso fosse feito com todos os primores cientifico-filosóficos, trazendo em si, outrossim, o ineditismo de ser concluído na cidade de Roma (Itália) com uma viagem internacional de estudos”, discorreu o orador, em seu discurso.

O tenente-coronel militar Adão Pereira, um dos novos especialistas, explica que o curso capacita o oficial superior a usar estratégias e táticas na gestão com o objetivo de promover melhoria na qualidade dos serviços prestados à sociedade. “Para nós, da Segurança Pública, foi realmente um curso estimulante e principalmente pela parceria com a Unitins, que ousou ao oferecer o primeiro curso de Ciências Policiais ofertado aqui no Tocantins e a PM sai na vanguarda", avalia o militar que considera o curso de suma importância para aqueles que exercem a função de gestão e grandes comandos.

O comandante-geral da PM do Tocantins, coronel Márcio Barbosa, ressaltou, em sua fala de agradecimento, que a corporação no Tocantins vive um momento muito bom no campo da formação. “Posso citar a lei de ensino que foi aprovada pelo governador Wanderlei Barbosa que coloca a Polícia Militar do Tocantins, mais uma vez, na vanguarda. Apenas quatro estados têm a lei de ensino e o Tocantins está entre esses estados. Hoje podemos falar que estamos no nível de estados como São Paulo e Minas Gerais, e isso graças a trabalho árduo que tem sido feito por todos os profissionais da Polícia Militar”, destacou o comandante, agradecendo a Untins pela parceria que permitiu a realização de mais essa formação.  

O reitor Augusto Rezende destacou em seu pronunciamento que a formação técnico-científica trará impactos altamente positivos na atuação das forças de segurança no Estado.

“Tenho certeza que os trabalhos de pesquisas realizados durante o curso passarão a ser luzes para os planejamentos estratégicos-operacionais da corporação. E aí a Academia deixa o seu recado, vamos sentir o quanto a reflexão técnico-científica ganha valor na operacionalização do dia a dia. É neste momento que vemos que a Unitins cumpre bem a sua missão de trabalhar por meio da formação superior, do conhecimento científico, formas de melhorar o Estado”, discursou o reitor, enaltecendo a parceria e o apoio institucional que a Unitins tem recebido do governador Wanderlei Barbosa e dos deputados que integram a Bancada Federal e a Assembleia Legislativa, no desenvolvimento de suas atribuições.

 

Após a cerimônia, concluintes posaram para a foto com os membros da mesa de honra


Presenças ilustres  

Prestigiaram ainda a cerimônia, o secretário de Estado de Parcerias e Investimentos, Thomas Jeferson Gonçalves; o secretário de Administração, Paulo César; a desembargadora Ângela Issa Haonat; a vice-reitora da Unitins, professora Darlene Teixeira Castro; a pró-reitora de Graduação, Alessandra Ruita Czapski; os deputados Nilton Franco, Moisemar Marinho e Gutierres Torquato; e dona Virgínia Andrade, representando o deputado federal Toinho Andrade, dentre outros.

Ouvidoria UNITINS
162
Ouvidoria
Geral do Estado do Tocantins
Acesso à Informação
Portal da Transparência
Demonstrativos da UNITINS