Unitins comemora adesão de acadêmicos às provas do Enade

Domingo foi dia de exame para 291 alunos de quatro cursos de graduação da universidade

Josiane Mendes Avaliação 27/11/2022 20:50

Acadêmicos de Direito, docentes e equipe diretiva da Unitins antes da prova em Palmas (Foto: Nonato Silva/Dicom Unitins)


As provas do Exame Nacional de Desempenho Estudantil (Enade) 2022 foram aplicadas neste domingo, 27, para mais de 590 mil estudantes universitários de todo o País. Da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) foram 291 acadêmicos avaliados, dos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Direito e Serviço Social, dos câmpus de Augustinópolis, Dianópolis e Palmas.

 

O Enade é uma das ferramentas de avaliação dos cursos superiores no sistema federal de educação superior. É um componente da avaliação que sozinho corresponde a cerca de 55%  Conceito Preliminar de Curso (CPC). E para ver seu curso melhor avaliado, bem como sua instituição de ensino, os acadêmicos e a Unitins se prepararam para a prova. 

 

Para atender seus alunos e passar as últimas orientações a respeito do exame, a Unitins montou estrutura com tenda, mobiliário e oferta de água, lanche e máscaras nos principais locais de provas. Na Capital, a maioria dos acadêmicos de Direito fez provas no Colégio Santa Rita, região Sul, enquanto os de Serviço Social compareceram ao Instituto Federal do Tocantins, na região Central da cidade.

 

Direito
A diretora de Desenvolvimento e Pesquisa Institucional da Unitins (DDPI), Arlenes Buzatto Delabary Spada, recepcionou os acadêmicos de Direito que fizeram provas no Colégio Santa Rita. "Vimos aqui um clima de alunos tranquilos e bem preparados. É um ciclo que se encerra, muitos deles anseavam por este momento. O Enade é uma das últimas etapas que eles cumprem na formação conosco. Já temos excelentes resultados, e o projeto é mantê-los", compartilhou.

 


Para o acadêmico do 10º período Davi Costa Chaves da Rocha, 23 anos, a preparação foi contínua. "Estou no último ano de curso, e por isso me preparo para Exame de Ordem, para concurso, então, ao longo do ano, tem sido uma preparação para este exame também." 


E o empenho do Davi deu resultado. Ao deixar o local de prova, ele se mostrou bastante confiante com seu desempenho. "Achei mais difícil as matérias que dou menos atenção, mas, no geral, gostei da prova", declarou. 

 

Do 9º período, Júlia Cunha Martins, 23 anos, também, estava otimista. "Para mim, a Unitins sempre foi uma faculdade renomada e ter os professores de excelência que temos, com certeza, nos deu o melhor preparo para a prova".

 

O coordenador do curso de Direito, professor Paulo Beli, gostou do entusiamo dos alunos após a prova. "Eles conseguiram administrar bem o tempo, fizeram a prova toda dentro do estabelecido e estão sentindo alguma semelhança entre o modelo de prova do Enade e o da OAB, embora não seja a mesma coisa. Cada um dentro da sua área de preferência acha uma ou outra mais difícil, mas estão otimistas com o resultado, e a coordenação de curso também", comentou.

 


Acadêmicos de Serviço Social e docentes em estande da Unitins montado para a prova do Enade (Foto: Andréia Fernandes/Dicom Unitins)


Serviço Social
O coordenador do curso de Serviço Social, Giovanni Bezerra, falou sobre como a prova pode contribuir com o curso e a  universidade. "O Enade vai agregar ao crescimento do curso, porque depois recebemos o resultado do exame que nos ajuda a fazer um feedback, e vai nos ajudar a organizar a nossa matriz curricular", disse, acrescentando que "a participação do aluno da Unitins no Enade 2022 foi genial, do início ao fim".


A acadêmica do 8º período de Serviço Social Francisca Brandão, 37 anos, fez a prova e reconheceu sua importância "mostrando que estamos na direção certa".

O reitor da Unitins, Augusto Rezende, a vice-reitora, Darlene Teixeira Castro, e a pró-reitora de Graduação, Alessandra Ruita Czapski, compareceram aos locais de prova na Capital para cumprimentar os alunos e desejar-lhes uma boa prova.


"O Enade é obrigatório e um requisito importante para o aluno e a Unitins vem desenvolvendo um trabalho com as equipes da Prograd, DDPI e coordenadores de curso para este apoio ao acadêmico, pra que se sinta preparado e acolhido para realizar uma boa prova", declarou a vice-reitora Darlene.


O reitor Augusto Rezende também comentou sobre a importância do exame para alunos e universidade. "O Enade é um grande momento dessa avaliação externa. Ele é muito importante e consolida todo esse crescimento e essa percepção que a universidade tem na formação do ensino superior. O Enade é algo que a gente trabalha na vida acadêmica como um todo, mas a gente intensifica algumas ações no ano em que aquele curso vai fazer o exame, com revisão, com resolução de provas anteirores e , principalmente, para que esse aluno tenha consciência da importância do que é o Enade, para que ele deixe a universidade melhor do que ele pegou, com conceitos melhores, e assim a gente vai crescendo", disse o reitor. (Texto com colaboração de Andréia Fernandes)

Equipe diretiva da Unitins e docentes após encaminhar alunos para local de prova (Foto: Nonato Silva/Dicom Unitins)


 

162
Ouvidoria
Geral do Estado do Tocantins
Acesso à Informação
Portal da Transparência
Demonstrativos da UNITINS