Ciências Contábeis de Dianópolis ganha disciplina optativa voltada à propriedade intelectual

Disciplina passa a constar no PPC do curso com carga horária de 60 horas

Josiane Mendes Câmpus Dianópolis 22/11/2022 15:51

O curso de Ciências Contábeis do Câmpus Dianópolis da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) terá uma nova disciplina optativa a partir do primeiro semestre de 2023. Após parecer do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), do Núcleo Docente Estruturante (NDE) e, em última instância, da Câmara de Graduação, passará a constar no Projeto Pedagógico do Curso (PPC) a disciplina de Fundamentos e Aplicações de Propriedade Intelectual, com carga horária de 60 horas.

 

O coordenador do curso, professor mestre Gabriel Machado Santos, foi o solicitante da criação da disciplina, que será a primeira sobre esse assunto específico da Unitins em todos os câmpus.

 

“A proposta da disciplina foi minha defesa de Mestrado em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação do PROFNIT - UFT. O curso de Ciências Contábeis Câmpus Dianópolis está fazendo história com essa disciplina, sendo provavelmente a primeira do Tocantins ofertada para os cursos de Ciências Contábeis e podendo ser a primeira do Brasil sobre esse assunto para esse mesmo curso. Abrindo expectativas e possibilidades dos discentes adquirirem conhecimentos necessários para a 4° Revolução Industrial ou Era Digital”, defendeu o docente.

 

O professor explicou ainda que está sendo produzido um material simplificado, que foi pensado e realizado para o curso de Ciências Contábeis e esse manual é inovador, porque contém vídeos, áudios e personagens. “O objetivo dessa disciplina é gerar um produto, algo inovador. Esse produto pode ser uma patente, uma marca, um estudo de uma cultura, a ideia é gerar produtos inovadores. De preferência, que apoie a região Sudeste do Estado, mas nada impede que esse produto inovador seja para o Brasil e para o mundo, a depender da pesquisa e do grau de inovação que ela tem".

 

Na ementa da disciplina estão: Conceitos Básicos de Propriedade Intelectual; Evolução da Propriedade Intelectual no Brasil; Marcas; Indicações Geográficas; Cultivares; Patentes; Tríplice Hélice da Inovação e sua evolução; e Contabilização de Ativos Intangíveis.

 

Como objetivo geral proposto, “proporcionar aos discentes a compreensão introdutória da propriedade intelectual, sua evolução, conceitos básicos e os modelos de contabilização dos ativos intangíveis de modo a desenvolver habilidades de proteção das propriedades intelectuais, bem como possibilitar uma reflexão sobre o seu desenvolvimento econômico e social no Brasil e no exterior”.

 

O diretor do NIT, Jeferson Morais da Costa, disse que o núcleo apoia todo tipo de iniciativa que possa promover conhecimentos e desenvolvimento humano. “Quando a gente traz esse conhecimento para a sala de aula, em uma disciplina específica, para ensinar o aluno para que é, para que serve ou como fazer, a gente está promovendo para que se tornem cada vez mais pessoas donas do próprio destino, e para que aprendam a valorizar suas ideias, suas iniciativas e a valorização dos seus produtos. É uma iniciativa fantástica, e a gente observa que tem muito a agregar para os nossos alunos. Esperamos ver uma iniciativa como essa em todos os nossos cursos em breve”, completou.

162
Ouvidoria
Geral do Estado do Tocantins
Acesso à Informação
Portal da Transparência
Demonstrativos da UNITINS