Liga de Saúde Coletiva da Unitins realiza dinâmica e bate-papo com mulheres de Praia Norte

A atividade abordou dados e informações sobre suicídio com enfoque no sexo feminino em referência ao Setembro Amarelo

Ananda Portilho Extensão 20/09/2022 16:15

A atividades reuniu cerca de 50 mulheres nesta segunda-feira, em Praia Norte (Fotos: Ananda Portilho/Dicom Unitins)


A Liga de Saúde Coletiva (Lisc) da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) participou de um encontro do Grupo de Dança da Leide (GDL), em Praia Norte, nesta segunda-feira, 19. Durante a programação de rotina do GDL, a Lisc, por meio da participação do professor Saulo Meira e dos acadêmicos Geovanna Tomm e Matheus Aquino, do colegiado de Medicina, realizou uma dinâmica para abordar dados e informações acerca da depressão e do suicídio em referência ao Setembro Amarelo.

 

Além da brincadeira realizada com balões que traziam frases e dados sobre o suicídio no Brasil e, principalmente, entre as mulheres, as participantes também fizeram sua aula de dança. Para a aposentada Maria Elisabete Alves Gomes Morais, de 64 anos, membra do GLD há oito anos, a atividade foi maravilhosa. “Acho maravilhoso demais, porque depois que eu comecei a dançar melhorei muito, inclusive, minha autoestima. Não perco uma dança e nem um forró por onde ando” contou enquanto ria. E completou: “Achei a brincadeira ótima. Eles já vieram aqui outras vezes e eu acho maravilhoso quando eles vêm. Eu fico alegre”, concluiu a aposentada.

 

Grupo de mulheres do GDL posam com caminha da campanha Todos pela Vida 


Para o professor coordenador da Lisc, Saulo Meira, que participou da ação, trazer informação por meio de dinâmica é “romper com o tradicionalismo na forma de se comunicar com a população”. “Pensamos em uma dinâmica mais ativa para que as participantes pudessem interagir e se sentir parte dessa atividade, para que falassem sobre aquilo que as angustia e do que precisam no dia a dia. Acreditamos que a atividade alcançou seu objetivo no momento em que ouvimos relatos emocionantes e fatos do cotidiano, o que mostrou que conseguimos alcançar na linguagem popular o que produzimos dentro da universidade”, explicou Saulo.

 

A atividade foi guiada pela acadêmica de Medicina Geovanna Tomm. “Foi muito importante estar com o Grupo GDL, principalmente, para abordar uma temática tão importante nesse mês de prevenção ao suicídio: a saúde mental da mulher. Conseguimos perceber o quanto elas se identificavam com a sobrecarga de trabalho e tudo que está relacionado ao adoecimento mental das mulheres, mas o que todas tinham em comum era a vontade de melhorar o seu humor se reunindo ali com o grupo. Dançar para elas é um refúgio e foi muito bom tanto academicamente quanto de forma pessoal, dançamos e nos divertimos muito”, comentou a estudante.

 

Esta não é a primeira ação realizada pela Lisc em parceria com a Prefeitura de Praia Norte. A diretora de saúde do município, Glauci Alves Gomes, destacou a parceria entre Unitins e município. “Mais uma vez essa parceria com a Unitins fortalecendo a nossa atuação e nosso objetivo é manter essa parceria não só com a Lisc, mas também com outras ligas acadêmicas que tenham esse intuito de desenvolver pesquisa e extensão para as comunidades”, destacou.

 

Professor e acadêmicos de Medicina da Unitins com representares do município de Praia Norte e GDL

162
Ouvidoria
Geral do Estado do Tocantins
Acesso à Informação
Portal da Transparência
Demonstrativos da UNITINS