Unitins apresenta projeto de implantação de núcleo universitário em Paranã com oferta de cursos tecnólogos

Projeto do governo do Tocantins executado pela Unitins, em parceria com a Secretaria da Educação, tem como meta ofertar 7 mil vagas de graduação em todo Estado até 2027

Ruy Bucar TO GRADUADO 21/06/2022 09:54

Governador Wanderlei Barbosa destaca compromisso do governo do Tocantins com a descentralização dos serviços públicos que inclui o projeto TO Graduado (Fotos: Nonato Silva/Dicom)


A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) apresentou nesta segunda-feira, 20, na Feira Coberta de Paranã, o projeto de implantação do Núcleo de Atuação Universitária no município, com a oferta de cursos de base tecnológica para atender toda a região. O núcleo faz parte do projeto TO Graduado, que prevê a oferta de sete mil vagas de graduação em todo o Estado, executado pela Unitins em parceria com a Secretaria da Educação (Seduc). Paranã soma mais de 12 mil habitantes e é polo de dez municípios da região sudeste.

 

O evento contou com a presença do governador Wanderlei Barbosa; do reitor da Unitins, Augusto Rezende; do secretário de Educação do Estado, Fábio Vaz; do presidente da Assembleia Legislativa, Antônio Andrade; do prefeito de Paranã, Fábio da Farmácia; do presidente da Câmara, Alair Teles de Faria (Bilisco); de deputados, prefeitos, vereadores e lideranças políticas da região, alunos e professores do ensino médio. O evento foi aberto pela Orquestra Sinfônica São Miguel Arcanjo, composta por jovens e, em seguida, estudantes da Escola Estadual Euclides Bezerra Gerais fizeram apresentações de manifestações culturais tradicionais, como a catira.  

 

O governador Wanderlei Barbosa destacou a atuação do governo do Tocantins na descentralização dos serviços púbicos. “Paranã, uma das cidades mais antigas do nosso Estado e após 33 anos de história do Tocantins, a gente ainda não tinha curso superior”, ressaltou, lembrando que a região poderá contar com cursos de Gestão em Turismo que atende a necessidade do destino Serras Gerais que apresenta forte apelo turístico. “Nós temos a cachoeira do Catoá e outros ambientes tão lindos no nosso território aqui de Paranã e precisamos profissionalizar o turismo”, disse o governador, em seu pronunciamento.

 

O reitor Augusto Rezende fez uma apresentação detalhada do projeto. “A gente traz para Paranã um leque de sete opções de cursos que depois voltam à comunidade e vão nos apontar duas ou três prioridades”, ressaltou o reitor, citando os cursos que podem ser escolhidos: Gestão em Agronegócio, Gestão Pública, Análise e Gestão de Mídias Sociais, Análise e Desenvolvimento de Softwares e Gestão em Turismo. Esses cursos podem começar ainda este ano, e também as licenciaturas de História e de Pedagogia, previstos para 2023.

 

“Sabendo da necessidade que o Estado tem de levar educação para as cidades pequenas o governo do Tocantins está dobrando a quantidade de estudantes da Unitins, estamos saindo de 2.700 para mais de 5 mil alunos só este ano”, disse o secretário da Educação, Fábio Vaz, durante apresentação do projeto. O secretário lembrou ainda que a Unitins chega com um laboratório com 40 computadores que será instalado na escola que vai abrigar o núcleo.

 

Repercussão

Para a psicóloga Geissele Parente, o Núcleo de Atuação Universitária da Unitins chega em boa hora em Paranã. Ela torce para que o núcleo oferte o curso tecnólogo em Gestão Pública, justamente o curso que ela buscava para a segunda graduação. “Gestão Pública é um segundo curso que eu já pensava em fazer e é um dos que podem ser oferecidos aqui, e isso me interessa muito”, revela.

 

“O jovem de Paranã precisa de oportunidades, a gente termina o ensino médio e não tem mais o que estudar, pois muitos não têm condições de sair para estudar fora, então é muito difícil seguir os estudos, agora começa uma nova história”, comenta a estudante Luana Alves de Santana, 17 anos,  do 3º ano da Escola Estadual Desembargador Virgílio de Melo Franco.

Para a professora Clerdinice Tolentino Chaves, também da Escola Estadual Desembargador Virgílio de Melo Franco, egressa da Unitins, a chegada da universidade na região marca um novo momento da educação em Paranã. “É um sonho para os paranãenses ter esse núcleo aqui e com cursos atuais que condizem com a realidade de nossos jovens hoje”, ressalta a professora.

A secretária da Educação e Cultura de Paranã, Ardeli Bomfim de Faria, considera a implantação do núcleo da Unitins como uma das maiores conquistas da região. “Hoje é um marco histórico no âmbito educacional de Paranã. Isso já era um anseio de toda a sociedade, o nosso município tem 164 anos de emancipação e até o presente momento era uma tristeza ver os nossos estudantes se deslocarem para os grandes centros ou ficarem sem estudar”, diz a secretária, comemorando que finalmente o sonho está se realizando, graças a decisão do governo do Estado e da Unitins que, segundo ela, conta com todo apoio da gestão municipal.

 

TO Graduado

Ao todo, 15 cidades do Estado estão sendo contempladas com a instalação do Núcleo de Atuação Universitária da Unitins, responsáveis pela oferta dos cursos, totalizando sete mil vagas em cursos superiores ofertados entre 2022 e 2027. Entre os critérios para escolha dos municípios estão: quantitativo populacional acima de 10 mil habitantes; escola estadual disponível para instalação do núcleo; não haver oferta de ensino público superior na cidade e interesse da comunidade local pelos cursos ofertados.

 

A universidade iniciou em maio a realização das audiências públicas para discussão da implantação dos núcleos. Já foram realizadas audiências em Colméia, Caseara, Itacajá, Guaraí, Sítio Novo e agora em Paranã. As audiências públicas têm o objetivo de ouvir a população e levantar as demandas e identificar quais são os cursos tecnólogos que melhor atendem cada região. A implantação dos cursos leva em consideração a vocação de cada região e a capacidade de empregabilidade.

 

 Wanderlei Barbosa, reitor Augusto Rezende e secretário de Educação, Fábio Vaz, reunidos com população e autoridades durante a audiência (Fotos: Nonato Silva/Dicom)

 

162
Ouvidoria
Geral do Estado do Tocantins
Acesso à Informação
Portal da Transparência
Demonstrativos da UNITINS