Unitins recebe visitas de Comissões do Conselho Estadual de Educação para recredenciamento institucional

Comissões de Avaliação inicia visita aos câmpus, última etapa do processo de recredenciamento

Ruy Bucar Educação 15/06/2021 13:00

Membros do CEE fazem visitas para verificações in loco de estruturas da Unitins


A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) passa por avaliação do Conselho Estadual de Educação (CEE) para o recredenciamento institucional. A Universidade está recebendo neste mês de junho a visita in loco das Comissões de Avaliação do CEE em seus câmpus, Sede Administrativa e Complexo de Ciências Agrárias (CCA), última etapa do processo. O recredenciamento é um instrumento legal que atende a legislação estadual e federal e prevê que de cinco em cinco anos instituições de ensino superior sejam avaliadas por órgão competente.

 

O reitor da Unitins, professor Augusto Rezende, explica que no recredenciamento institucional “é avaliada a estrutura existente, o funcionamento pedagógico e organizacional da instituição, como também qual é o seu projeto de futuro”. A validação autoriza a Universidade a continuar a oferta de vestibular, expedição de diplomas e emissão de documentos.

 

Augusto Rezende ressalta que a Unitins como um todo se mobilizou para receber a visita dos avaliadores do CEE, objetivando prestar todas as informações pertinentes. “Existe hoje uma força tarefa das Pró-Reitorias para atender todas as exigências e necessidades de preenchimento de documentos e formulários para que o Conselho Estadual tenha segurança de nos fiscalizar e para que possamos sair com uma nota boa dessa visita do Conselho”, prevê o reitor.

  

A vice-Reitora, professora Darlene Teixeira Castro, esclarece que o processo de recredenciamento da Universidade é trabalhado de forma contínua e envolve todos os setores da Universidade. “É o momento de explicitarmos tudo que desenvolvemos no âmbito do Ensino, da Pesquisa e da Extensão, com as evidências exigidas pelo Conselho Estadual de Educação”, afirma.

 

“As visitas do Conselho são sempre bem-vindas porque colaboram para que a Unitins cresça ainda mais e estruture suas atividades validadas em qualidade. Os apontamentos e orientações do Conselho conduzem para ampliar nossos esforços no sentido de cumprir a missão da formação ainda mais comprometida e satisfatória”, declara a pró-reitora de Graduação, Alessandra Ruita Czapski.

 

O coordenador da Comissão Própria de Avaliação (CPA/Unitins), professor Thiago de Lázari, ressalta que a Comissão foi concebida como estratégia agregadora das forças sociais da Instituição, objetivando a realização de diagnósticos situacionais e definição de prioridades a fim de propor encaminhamentos que estejam sintonizados com os processos de melhoria contínua da Unitins. “Nesse sentido, os processos de credenciamento e recredenciamento buscam observar a aderência das ações da CPA em conformidade com o que preconiza o Sinaes [Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior] e suas ações enquanto comissão avaliadora”, pontua o coordenador.

 

As visitas in loco das Comissões Avaliadoras do CEE já aconteceram nos Câmpus Paraíso, Augustinópolis e Palmas, sendo que na Capital também foram vistoriados o CCA e a Sede Administrativa. Nos próximos dias as equipes do Conselho estarão vistoriando os Câmpus Araguatins e Dianópolis.

162
Ouvidoria
Geral do Estado do Tocantins
Acesso à Informação
Portal da Transparência
Demonstrativos da UNITINS