Círculo Literário de CiberLeitura promove bate-papo sobre obra de Drummond

Projeto do curso de Letras, do Câmpus Araguatins, visa difundir o hábito da leitura de obras literárias

Josiane Mendes EXTENSÃO 03/05/2021 14:46

 

 

O projeto de extensão Círculo Literário de CiberLeitura, do curso de Letras, do Câmpus Araguatins, da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins),  realizou seu primeiro encontro virtual no último dia 1º de maio, promovendo um bate-papo entre leitores da obra “A Rosa do Povo”, de Carlos Drummond de Andrade.

 
Segundo a coordenadora do projeto, profa. Dra. Luama Socio, a qualidade do encontro superou as expectativas, já que o envolvimento e o interesse dos participantes fizeram com que o evento durasse o dobro do tempo. “A leitura dessa importante obra de Drummond estimulou reflexões e debates sobre diversos temas, desde questões especificamente literárias até assuntos psicológicos, sociais e políticos, fazendo do encontro entre os leitores um espaço de trocas de ideias do qual todos saíram enriquecidos culturalmente e entusiasmados com a prática da leitura”, diz a professora.
 
O Círculo Literário de CiberLeitura é uma ação de fomento à prática da leitura através dos meios digitais com o objetivo de estimular a ampliação do repertório cultural dos participantes através da leitura de obras literárias consideradas importantes pela crítica especializada. “O projeto surgiu da importância de difundir o hábito da leitura entre a comunidade escolar e também fora dela, em combinação com a realidade das condições de ensino remoto da atualidade e predominância da utilização da tecnologia digital em todos os domínios de representação simbólica e de comunicação da nossa sociedade atual”, completa a professora Luama.
 
A docente explica ainda que o projeto realiza uma espécie de diálogo entre a Universidade e a comunidade em geral, com o objetivo de alcançar o máximo de participantes. “Esta é uma forma da Universidade contribuir diretamente para o enriquecimento cultural também das pessoas que não estão matriculadas no curso de Letras, porque o acesso à Literatura é um direito de todo cidadão, como bem nos explicou o grande pensador brasileiro Antônio Cândido”.
 
O Círculo Literário de CiberLeitura funciona de forma contínua, através das redes sociais, e realiza um encontro por mês entre os participantes. “O Círculo propõe uma leitura por mês, disponibilizando a obra digitalizada aos participantes que, ao longo do processo de leitura compartilham impressões, informações e reflexões sobre o texto literário nos perfis do projeto nas plataformas digitais e, ao final do mês, realizamos um encontro para um bate-papo entre os participantes que, depois, é transformado num podcast para que mais pessoas possam ter acesso às reflexões do Círculo”, explica.
 
Para participar do Círculo, a pessoa deve ter no mínimo 16 anos, e basta acessá-lo nas plataformas digitais da seguinte forma: no Facebook, solicite participação no grupo Círculo Literário de CiberLeitura; no Instagram, siga o canal @ciberleitura; para solicitar participação no grupo de Whatsapp, é só enviar mensagem com o número do celular para o e-mail luama.s@unitins.br ou mensagem pelo Facebook ou Instagram, para ser adicionado. Além disso, pode-se acompanhar o projeto pelo site https://circuloliterariodeciberleitura.wordpress.com/

162
Ouvidoria
Geral do Estado do Tocantins
Acesso à Informação
Portal da Transparência
Demonstrativos da UNITINS