Portal Notícia

  • 09/10/2018 14:40:00
  • 09/10/2018 12:41:18
  • Josiane Mendes

Unitins comemora conceitos positivos obtidos no Enade 2017

O melhor desempenho foi do curso de Sistemas de Informação que obteve conceito 4 no Enade



O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira, 09, os indicadores de qualidade da educação superior 2017. A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) obteve notas superiores em todos os cursos avaliados no ano passado em relação à última avaliação a que esses cursos haviam sido submetidos, no ano de 2014.

O melhor desempenho foi do curso de Sistemas de Informação, do Câmpus Palmas, que obteve conceito 4 no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e nota 4 no Índice de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD). Em 2014, o curso havia obtido conceito 3 no Enade. O IDD é um indicador de qualidade que busca mensurar o valor agregado pelo curso ao desenvolvimento dos estudantes concluintes, considerando seus desempenhos no Enade e no Enem.

O curso de Pedagogia, do Câmpus Araguatins, recebeu conceito 3 no Enade e 5 no IDD.  Foi a primeira avaliação desse curso da Unitins.

O coordenador do Núcleo de Articulação Institucional e Melhoria Contínua (Naimc), professor mestre Thiago de Lázari, explicou que as notas do Enade e IDD representam 55% da nota do Conceito Preliminar de Curso (CPC). O CPC dos cursos é usado para cálculo do Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC), indicador de qualidade que avalia as instituições de ensino superior do País. “Esses conceitos obtidos por si só já expressam a importância das atividades desenvolvidas pelo Naimc, em parceria com a Diretoria de Tecnologia da Informação (Dtic), editora e, sobretudo, com a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), de forma que nós possamos dar suporte aos cursos com relação às atividades para o Enade e criar parâmetros para elevar sucessivamente os índices que expressam a melhoria contínua da educação institucional”, disse.

No geral, com relação aos sete cursos avaliados no ano passado, sendo três presenciais e quatro ofertados via Universidade Aberta do Brasil (UAB), o coordenador considerou que o desempenho dos alunos tem melhorado. “Alguns cursos obtiveram nota 2. Não é uma nota satisfatória, não é o objetivo da instituição, mas a maioria desses cursos havia obtido nota 1 em 2014.  A leitura que precisa ser feita é de que o trabalho tem sido realizado, as ações têm sido executadas e houve um salto significativo”, acrescentou.

Em relação ao IDD do curso de Pedagogia, Thiago de Lázari explicou que, conforme o MEC, o conceito 5 indica uma discrepância entre o desempenho de entrada e o de saída muito grande, acima do nível determinado pelo MEC, portanto esse curso ficará sem a nota IDD . “A Unitins não tem medido esforços para adaptar alguns conceitos, para criar ferramentas e instrumentos. Dar suporte aos cursos com todas as ferramentas que norteiam a execução do Enade. Neste ano outros cursos irão fazer o Enade, já com algumas ações implantadas pelo Naimc, e esperamos obter o mesmo sucesso obtido em 2017”, arrematou o coordenador.

Para o reitor da Unitins, Augusto Rezende, a universidade obteve uma evolução de seus indicadores. “É importante para mensurar a evolução qualitativa da instituição e são indicadores validados pelo MEC e também pelo mercado, enquanto instituições que valorizam a qualidade do seu ensino. Então, é a Unitins caminhando no sentido do equilíbrio financeiro, pedagógico e na qualidade do ensino e na formação”, arrematou.

Enade

O Enade avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação, em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e competências adquiridas em sua formação. O exame é obrigatório e a situação de regularidade do estudante no Exame deve constar em seu histórico escolar. A primeira aplicação do Enade ocorreu em 2004 e a periodicidade máxima da avaliação é trienal para cada área do conhecimento.


© Universidade Estadual do Tocantins - UNITINS
108 Sul Alameda 11 Lote 03, Cx. Postal 173, CEP: 77020-122, Palmas-TO
FONES: (63) 3218-4936 / 3218-2902 / 3218-2974
Desenvolvido pela Diretoria de Tecnologia da Informação